Ver Imagem
   

  POWERED BY

 
LANGUAGE 25/04/2019 15:15:27 PROCURA       
 
DESTINOS TOP
ALOJAMENTO
ATRACOES
SABORES
 COMPRAS
TRANSPORTES
MI
DESPORTO
OUTROS

CRISTO REDENTOR
Acesso Com Trens Modernos

Rio de Janeiro, abril 09, 2019 - O acesso ao mais importante e significativo monumento brasileiro, uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, o Cristo Redentor, e onde se vislumbra o mais belo do Rio de Janeiro terá trens modernos, sustentáveis, com capacidade para 600 passageiros por hora, na comemoração dos 135 anos do Trem do Corcovado. Assista ao vídeo do presidente do Trem do Corcovado.

O Morro do Corcovado, que integra o Parque Nacional da Tijuca, em cujo cume se situa uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno e o mais importante e significativo símbolo do turismo carioca e do Brasil, conta com a primeira via férrea turística do País, criada por D. Pedro II, em 1884, que leva até os pés do Cristo Redentor 91% dos turistas que visitam o Rio de Janeiro.

No alto do Corcovado uma capela completa a profissão de fé de um grande número de pessoas que visita o Cristo Redentor não apenas pelo panorama, mas pelo que o local representa.

Em plena fase de modernização, o Trem do Corcovado receberá já no próximo mês de Junho dois novos carros importados da Suíça, que têm o dobro da capacidade, dos atuais 300, para 600 passageiros/hora. Com a chegada ao Rio, em Agosto, de mais quatro carros, o espaço atual de 20 minutos entre as viagens, no período de alta estação, será reduzido para 14 minutos.

As novidades foram passadas pelo presidente do Trem do Corcovado, Sávio Neves que anunciou a realização de obras na estação, que incluem ampliação do terminal de embarque, que ganhará dois novos andares para atender a uma nova demanda e a revitalização do prédio histórico da estação que receberá uma exposição permanente comemorativa dos 135 anos da história da ferrovia e ainda uma cafeteria, para maior conforto dos turistas.

Assista ao vídeo de Sávio Neves falando das novidades:

Outra alteração, acrescentou Sávio Neves, será a mudança da entrada principal da estação da rua do Cosme Velho para a Praça São Judas Tadeu. "As obras serão inauguradas no dia 9 de outubro, quando a Estrada de Ferro do Corcovado completará 135 anos", ressaltou.

A meio caminho da estação do Cosme Velho está a Estação Paineiras, onde funcionou o Hotel das Paineiras, fundado em 1884, por D. Pedro II, fica o Centro de Visitantes Paineiras, que depois de 30 anos desativado, abriga uma exposição permanente, possui restaurante, lojas de lembranças, lanchonete. O passageiro pode descer na estação, conhecer o local e embarcar no trem seguinte.

Trens panorâmicos e sustentáveis

Sávio Neves adiantou que os novos trens terão teto panorâmico, o que permitirá aos passageiros terem uma visão completa da Mata Atlântica durante a viagem, serão interligados, e contarão com acesso especial para cadeirantes e espaço para bicicletas, skates e patinetes.

A sustentabilidade dos trens foi outra preocupação de Sávio Neves. Os novos trens elétricos serão 75% mais econômicos do que os atuais, de acordo com Sávio Neves, pois acumularão a energia gerada durante a descida que será utilizada na subida, o que reduzirá sensivelmente os custos operacionais.

Como os atuais, os trens não terão ar condicionado que foi rejeitado pelos usuários. "Fizemos uma pesquisa entre os usuários e a maioria disse que não quer perder o contato mais próximo com a Floresta da Tijuca, o que não seria possível com cabines fechadas e refrigeradas. Mas teremos ventiladores e exaustores nas composições. Apenas as cabines dos condutores serão refrigeradas", explicou Sávio Neves.

Passagens

Sávio Neves anunciou que as passagens para o Trem do Corcovado já podem ser adquiridas também num totem inaugurado, no dia 5 de abril, na estação do Bondinho do Pão de Açúcar, assim como os bilhetes para esse ponto turístico na Urca podem ser comprados na Estação do Trem. Os tíquetes já saem com os horários impressos em que os turistas deverão pegar o trem.

Os turistas que vêm ao Rio de Janeiro podem sair de suas cidades já com as passagens para visitar o Cristo Redentor compradas. Os ingressos são vendidos nas 14 mil agências dos correios e nas 15 mil lotéricas espalhadas pelo País e ainda através do aplicativo do Trem do Corcovado pelo celular.

No Rio de Janeiro, as passagens podem ainda ser adquiridas nos quiosques da Avenida Atlântica, em Copacabana, do Shopping RioSul e do Largo do Machado e ainda nos seis totens de atendimento na própria estação do Trem do Corcovado, na Rua do Cosme Velho.

Segurança X turistas

Pela enorme quantidade turistas brasileiros e estrangeiros que sobe ao Cristo Redentor, a maior preocupação da empresa é com a segurança na estação, dentro dos trens e ao longo dos 3.824 metros da linha, onde instalou 19 pontos de vigilância que custa anualmente R$ 2 milhões. Essa preocupação se justifica e garante que não se registrem incidentes graves.

Dos 6,5 milhões de turistas estrangeiros que estiveram no Brasil no ano passado, 70% vieram para participar de eventos e os restantes 30%, ou seja 1,95 milhão, a lazer, e destes 91%, cerca de 1,8 milhão, vieram ao Rio de Janeiro e visitaram o Cristo Redentor.

Em primeiro lugar, estão os argentinos, seguidos dos alemães, seguindo-se os franceses, espanhóis e portugueses. Dos 1,8 milhão de turistas dos Estados Unidos que estiveram ano passado no Brasil, 20% vieram ao Rio de Janeiro e destes 140 mil conheceram o Cristo Redentor.

Sávio Neves expressou seu total apoio à extinção da exigência de vistos de entrada de turistas dos Estados Unidos, Austrália, Canadá e Japão no País e acredita que a medida deve resultar num aumento de mais 700 mil a 2 milhões de visitantes estrangeiros nos próximos anos.

O custo da passagem no Trem

Bilhete Valor
Adulto - Baixa Temporada R$65,00
Adulto - Alta Temporada R$79,00
Infantil (de 6 a 11 anos) - Ambas temporadas R$51,00
Idoso (acima de 60 anos) brasileiros ou residentes no Brasil - Ambas temporadas R$25,50
Os ingresso ainda podem ser comprados através do: https://www.ingressocomdesconto.com.br/atracao/2/trem-do-corcovado.html

Crédito: Texto e fotos de Arnaldo Moreira

Media Partners:

 

 

 

 

Partners: